Você já ouviu falar do CREN?

Na semana passada, eu e mais algumas blogueiras fomos convidadas a conhecer o CREN. Você sabe o que é o CREN? Eu já conhecia o trabalho deles, por ser da área da saúde, e na UBS (Unidade Básica de Saúde) que eu atuava, trabalhávamos ativamente com o CREN. Mas para quem não conhece , nunca ouviu falar, eu vou contar tudo.

O CREN (Centro de Recuperação e Educação Nutricional) é uma organização sem fins lucrativos, que em 22 anos, beneficiou direta e indiretamente 3,5 milhões de pessoas, ao promover atendimento e tratamento a crianças e adolescentes malnutridos.

O CREN surgiu de um grupo de amigos e professores da Unifesp (Unversidade Federal de São Paulo) no começo dos anos 90, e vem crescendo a cada ano. Hoje o CREN conta com 4 unidades: Vila Mariana, Vila Jacuí, uma em Jundiaí e outra em Maceió.

A atuação do CREN é em distúrbios nutricionais primários, o que quer dizer isso? O CREN atende pessoas com alterações nutricionais (subnutrição e obesidade) sem outras doenças associadas.

O CREN é uma ONG ( Organização Não Governamental)  e seus recursos são captados através de uma parceria com uma instituição italiana, mas a maior parte vem de recursos das prefeituras dos municípios (verba da Secretaria da Educação e da Secretaria da Saúde) , e por doações (em espécie, em materiais e também através da nota fiscal paulista).

A faixa etária atendida varia de 0 a 5 anos no hospital- dia, e de 0 a 19 no ambulatório.

E como eu faço para entrar no CREN?

A via de entrada é SEMPRE pela UBS, via agenda regulada do município. O CREN só atende pacientes SUS dependente.

Mas e se eu tiver convênio ou pagar particular, posso ser atendido no CREN? 

O CREN só atende usuários do SUS, mas isso não impede de você se cadastrar na UBS mais próxima da sua casa, e se o médico ou o profissional da saúde da UBS notar algum distúrbio nutricional mais acentuado,  pode sim referenciar para o CREN.

O CREN acredita que a base de tudo é a EDUCAÇÃO. Portanto eles investem na capacitação dos profissionais de saúde, e da própria população para incentivar a mudança de alguns hábitos alimentares incorretos.

Um dado que me chamou muita atenção, segundo a pesquisa do IBGE de 2009 , na nossa realidade nacional, 47% das crianças de 5 a 9 anos apresentam erros alimentares. Quase metade da população dessa faixa etária. Cabe a nós, pais , mudarmos essa triste realidade.

O CREN passa a ser parceiro do blog, e teremos vários textos por aqui, com intuito de informar e melhorar o futuro alimentar das nossas crianças.

Eu adorei conhecer o CREN mais de perto,  e espero que vocês também.

 

5 responses on “Você já ouviu falar do CREN?

Deixe uma resposta